mai 112011
 

Clinicare Medicina e Segurança do TrabalhoNR – 17 – ERGONOMIA

ANEXO 1 – TRABALHO DOS OPERADORES DE CHECK OUT 

Desde o ano de 2008, a instituída política pública de prevenção de acidentes no Brasil, busca atuar no combate aos altos índices de acidentes de trabalho no país. Entre uma de suas ferramentas, esta a regressão nas ações contra empresas notoriamentes negligentes na implantação e atuação das normas de Saúde e Segurança no Trabalho.

Dados da OIT (Organização Internacional do Trabalho) dão conta de que o Brasil ocupa alarmante 4º(quarto) lugar, no quesito número de acidentes fatais, atrás apenas da China, Índia e Indonésia. Além do 15º(décimo quinto) em número de acidentes gerais.

Levantamentos do ano de 2007, sinalizam cerca de 75 acidentes a cada hora e uma morte a cada 3 horas de jornada diária de trabalho no país, com base nos riscos decorrentes dos fatores ambientais trabalhistas. 

Por conta destes e outros números, o INSS iniciou uma dura batalha, para que nas empresas, as políticas de saúde e segurança, sejam efetivamente levadas a sério. 

SUPERMERCADOS

Uma das normas que apresentam sinais evidentes de que o MTE (ministério do trabalho e emprego) esta atuando de forma efetiva, é a portaria que exige que até dezembro de 2011, sejam aplicadas em todas as lojas do País as alterações que influenciam nas condições de trabalho, visando à prevenção de doenças e à segurança dos operadores dos caixas de estabelecimentos do gênero, inclusive os de micro e pequeno porte. (ANEXO I da NR – 17)

As mudanças propostas aos chamados autosserviços e checkout (supermercados, atacados,

hipermercados), são mudanças que envolvem a logística de uso profissional no dia a dia (mobiliário dos postos de trabalho), os quais deverão estar adequados, de forma que o  alcance dos membros e visão dos funcionários,bem como postura ajustada, não traga prejuízo a saúde e segurança de trabalho, ao funcionário.

Até o fim do ano passado, 65% dos estabelecimentos, já deveriam estar adequados às normas, segundo a própria portaria do MTE.

Espaço livre para movimentação do operador e colocação da cadeira, permitindo assim, alterar a posição, apoio para os pés, coluna lombar, esteira eletromecânica, balança com leitor ótico em frente ao trabalhador, entre outras, são alguns dos itens que devem ser cumpridos. 

Portanto, de olho neles!!! 

SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO, UM BENEFÍCIO DE TODOS NÓS!!!

 



Deixe uma resposta